Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2017

Orações antigas para antes de dormir.

Ensinadas pela minha avó paterna (Alice Pereira):

Nesta cama me deito,
Sete anjinhos nela encontrei:
Três aos pés,
Quatro á cabeceira,
Nossa Senhora a dianteira.
Ela me disse:
" - Dorme e repousa,
não tenhas medo de nenhuma coisa.
Está aqui Jesus com Seus braços abertos
E com os Seus pés cruzados,
Derramando seu sangue pelos vossos pecados."
Salvai-me, meu Deus e a Virgem Maria!

Com a cruz me deito,
Com a cruz da divindade,
Com a cruz me deito,
Da Santíssima Trindade.
Desça Deus do céu á terra,
e se deite ao pé de mim.
Nosso Senhor Crucificado
fala e responde por mim.
Ámen


S. Pedrinho está no céu,
Dizer missa na gloria,
os anjinhos cantam,
Nossa Senhora o adora,
Bendita seja a minha alma,
que se deita nesta hora,
nesta cama me deito
para dormir e descansar,
se a morte me vier buscar,
eu me entrego á luz,
eu me entrego á cruz,
eu entrego a minha alma
ao Menino Jesus.
Jesus na boca,
Jesus ao peito,
Jesus na cama,
onde me deito.
Ámen






Duas Orações para antes de dormir

Com Deus me deito,
Com Deus me levanto,
Com a graça de Deus
E do divino Espírito Santo,
Que me cubra com o seu divino manto.
Se eu bem coberto for,
Não terei medo, nem temor.
Senhor, de mim quero a minha alma
A Vós entregar.
Se eu dormir, acordai-me,
Se eu morrer, alumiai-me
Com as três velas acesas
Da Santíssima Trindade.
Amén




Nesta cama me deito
Para dormir descansado,
Se a morte vier, não lhe posso falar,
Apego-me aos cravos,
Abraço-me à cruz,
Entrego minha alma
Ao Sagrado Coração de Jesus.
Amén

As lâmpadas vivas

I.
São sem número, de varia beleza, de luz diversa, mas todas chamadas e postas lá entre a arcadas do templo, na vizinhança do tabernáculo, a fazer companhia a Jesus.
Cada alma cristã é chamada a expandir uma luz de fé e de amor junto da Eucaristia; tenha ela coroa de rosas sobre a fronte ou traga uma de espinhos sobre o coração, saiba cantar ou não saiba se não chorar, Jesus a chama a si: e ela vai aonde a chama essa voz toda misteriosa, mas doce de amor.
Quem é esta alma?
É uma donzela de coração puro como o pensamento de um anjo, de mente serena como a alva do Paraíso. Ela traz a Jesus o cântico dos seus virginais entusiasmos, o odor delicado dos seus lírios, o cintilar de seus olhos resplandecentes de inocência batismal. Ignara de certas tempestades, com a alma cheia de sorrisos, ela fala a Jesus com a cândida ingenuidade de uma criança que se lança nos braços de seu pai, diz-lhe que lhe quer bem, manda-lhe beijos e caricias, e n’uma linguagem que não tem nada de convencionalismo …

A Lãmpada

Introdução:

É a amiga silenciosa de Jesus, é a amiga silenciosa da alma eucarística. Quando o templo esta deserto, ela esparge em volta de si uma luz humilde e suave, ilumina a portinha do tabernáculo, e parece pedir que a deixam entrar para dizer ao Divino solitário – eu velo contigo.
 – Quando as almas saciadas de oração e d’amor, abandonam o templo para voltarem ao batalhar quotidiano da vida ela as saúda: - ide, almas amigas de Jesus, voltai aos vossos suores e fadigas; eu fico aqui a velar por vós.

Um templo sem lâmpada parece um corpo sem alma.
O olhar do crente gira em volta, e se não encontrar uma luzinha suspensa, sente no coração uma voz fria como a voz de um desengano, que lhe diz – aqui não está Jesus.
– Talvez ali se encontre tesouros d’arte; mas que podem dizer as obras primas da pintura e da escultura se não são animadas pelos raios da lâmpada?
 O génio do homem, entrando no templo, não pode dar vida á tela e ao mármore se não caí sobre eles o tremeluzir daquela luz. Ó …