Avançar para o conteúdo principal

A COMUNHÃO NA MÃO




Nestes tempos tão de controvérsias, deparamo-nos com um forte acréscimo de uma Fé fútil e ignorante, que só pede e nada dá em troca, vivida por alguns cristãos, aqui vou deixar , alguns textos recolhidos por mim, e um alerta e pedido de Jesus á vidente, J.N.S.R.

“OS SACERDOTES DE MEU SANTO FILHO DEVERIAM TER MAIS CUIDADO COM A SUA FORMA DE DAR JESUS A CADA UM”

(tirado do texto: Jesus e Maria a J.N.S.R.,3.7.1999, em "Testemunhas da Cruz – Actos dos Apóstolos”, III vol. Págs.75-76)

“VÓS SACERDOTES RECEBEIS DEUS DE SUAS MÃOS E NA VOSSA BOCA”

“…Diz á Igreja, que se prepare para esse tempo em que a Eucaristia virá a eles em Espírito e Verdade. Eles mesmo verão Deus, Vivo, nas suas mãos consagradas. Vós recebeis Deus de suas mãos e na sua boca, porque Eu sou Inocente e Puro. NINGUEM, SALVO OS MEUS SACERDOTES CONSAGRADOS, que Eu escolhi, PODE TOCAR-ME. Eu disse a Maria Madalena, ao sair do Túmulo, depois dos meus três dias de trevas:”Não Me toques, porque ainda não subi para o Pai…”(Jo 20,17). Hoje, ninguém Me pode tocar, a não ser os sacerdotes consagrados por Deus Pai, até ao Meu Regresso em Gloria……

(Tirado texto :Jesus a J.N.S.R.,7.11.2002, em “Testemunhas da Cruz Actos dos Apóstolos”, IV vol.3ªparte, págs.157-158)

“…a Minha Santa Eucaristia é profanada. Acaso não sabeis que o vosso Deus é Vivo e Verdade, em cada uma das Suas partículas? Quando o Meu Corpo, o Meu Sangue, a Minha Alma e a Minha Divindade são TOCADAS por mãos profanas, VÒS FERIS-ME! Eu digo-vo-lo, e que cada um se lembre disto mesmo: Deus dá-Se e ninguém deve pegar em Mim. Sacerdotes, não façais desaparecer a grandeza e a verdade de Meu Divino Sacramento. A Igreja extingue-se. Só os Sacerdotes da Minha Santa Igreja receberam o Divino Sacramento da Ordem e, em cada Santa Missa, eles passam a ser um Outro Eu Mesmo. Mão alguma, diferente da sua, pode fazer esse bendito gesto: pela sua mão, sou Eu que Me Dou. Meus filhos fiéis de joelhos, recebem-Me no seu coração, pela sua boca, que não cessa de Me Louvar. Nisto consiste a verdadeira Adoração.

Adora-se o Deus Vivo de joelhos.
Na Santíssima Eucaristia,
Eu venho visitar-vos, Eu estou presente.
Eu Vos adoro, meu Deus, meu Jesus de Amor, de joelhos,
Com o meu coração inflamado
Do desejo de Vos receber e de Vos acolher.
Faço do meu coração um ninho de Amor.
Convido-Vos, meu Bem-Amado, a habitar
Na morada de meu pobre coração,
Indigno de Vosso Amor Misericordioso.
O Vosso Santo Nome está em mim.
Eu amo-Vos para sempre.
A Vós, Senhor JESUS, a minha alma que Vos espera.
A Vós, meu Deus, a minha Vida que Vos espera.
Sem cessar, bendizei o Vosso Nome Santissimo.
Louvor a Vós, Senhor Jesus,
Pelos séculos dos séculos. Amén”

(Jesus a J.N.S.R., 25/8/2003, em “Testemunhas da Cruz – Actos dos Apostolos”, IV vol.3ª parte, págs. 329-330)

A COMUNHAO NA MAO

“A coisa mais horrível do nosso mundo de hoje, é a comunhão na mão” – B.Madre Teresa de Calcutá, em 23/3/1989

O Concílio de Rouen (650) declara:” Não ponhais a Eucaristia nas mãos de um leigo ou de uma leiga, mas apenas na boca”.E o Concílio chamado in Trullo proíbe aos fiéis “que se dêem a si mesmos a Comunhão”(caso em que a Eucaristia é colocada na mãos do comungante, que seguidamente a mete na boca).

“É o sacerdote que tem o privilégio de tocar as Santas Espécies e de as distribuir pelas suas próprias mãos” (Domini Cenae) ; declara João Paulo II

A Mons.Laise, que lhe perguntou: “Santo Padre, que pensa da Comunhão na mão?”, João Paulo II respondeu: “Foi escrita uma carta apóstolica (de Paulo VI) a prever que, para isso, é necessária autorização especial válida, apenas dada a caso por caso. Mas eu digo-vos que não sou a favor dessa prática e que a não recomendo a ninguém. Essa autorização foi concedida por Paulo VI devido á particular insistência de alguns bispos diocesanos e depois indevidamente usada pelos demais”; assim sendo, o que sabemos bem ao certo é que ele não está de acordo com tão abusiva e escandalosa forma de receber a Sagrada Comunhão.

(Extrato de “La Communion dans la main” de Mons.Juan Rodolfo Laise, CIEL 199, 120 p.,p.94)

Excertos de textos tirado do livro : POVO MEU, QUE TE FIZ EU?!...; edições Boa Nova, Requião.

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

ROSARIO DOS AFLITOS

NOSSA SANHORA MÃE DOS AFLITOS, NOSSO AUXILIO, NOSSO IMEDIATO CONSOLO.
«Terei compaixão dos filhos que rezarem este rosário nas horas aflitas. Darei o meu auxílio e o meu imediato consolo.»


COMO REZAR O ROSARIO DOS AFLITOS.

Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amem.

Invocações ao Espírito Santo

Vinde Espírito Santo, Amor do Pai e do filho, visitai-me e enchei o meu coração com a vossa divina graça, fazei que a minha alma seja para sempre a vossa morada e o meu corpo vosso sagrado templo, ajudai-me a ser fiel á graça de Deus e inflamai-me no fogo do vosso amor, agora e sempre. Amem.

Oração do Credo

Creio em Deus Pai, Todo-poderoso, criador do Céu e da Terra; e em Jesus Cristo, seu único filho, nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu á mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado á direita de Deus Pai Todo-Poderoso de onde há-de vir a…

Oração Nossa Senhora do Desterro

Imprimir e dobrar.

TERÇO DA EXALTAÇÃO DA CRUZ

(Recitar no dia 14 de Setembro)
Inicio: Credo Pai-nosso 3 Ave-marias
Nas contas do Pai-nosso, diz-se: - Se na hora da minha morte, o Demónio me tentar nada vai adiantar pois no dia da exaltação da Santa Cruz mil vezes, eu chamei o Nome de Jesus.
Nas contas da Ave-maria, diz-se: - Jesus
(Para bem rezar 1000 vezes a palavra: Jesus, passo a explicar como fazem as irmãs; juntam 20 feijões e no fim de cada terço rezado ou seja 50 vezes Jesus passam um feijão para o outro lado, até ter os 20 feijões reunidos, o que totaliza 20 X 50 = 1000 )