Avançar para o conteúdo principal

Quem é o Espirito Santo?

Com aprovação eclesiástica, tirado da pagela da autoria do Pe. Oliveiros de Jesus Reis).

Todos os Cristãos foram baptizados em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, todos ouviram falar nas Três Pessoas da Santíssima Trindade, mas muitos há que, não sabem quem é o Espírito Santo em que foram baptizados.

Para ajudar a esclarecer o papel do Divino Espírito Santo na nossa vida sobrenatural de baptizados, eis porque me decidi a escrever estas páginas. E, fazendo-o, obedeço a uma inspiração do Alto pois a Sagrada Escritura diz:
«Toda a boa obra e todo o dom perfeito vem do Alto, descendo do Pai das luzes, no qual não há mudança nem sombra de variação». (TIAG.1,17). Uma das graças que o Divino Espírito Santo comunica às almas, que especialmente O invocam, é fazer-lhes ver a brevidade da vida e o nada deste mundo.

Quem é o Espírito Santo?

Deus é Uno em Essência e Trino em Pessoas. Sempre, desde toda a eternidade, Deus único é Pai, é Filho, como é o Espírito Santo. Tão eterno e tão infinitamente Poderoso e Bom, Justo e Misericordioso é o Pai como é o Filho, como é o Espírito Santo. O Pai é Deus, o Filho é Deus, o Espírito Santo é Deus, mas não são três deuses – mas sim Três Pessoas distintas dum só Deus único e verdadeiro.
Isto é um mistério, pois a nossa razão o aceita porque Deus, Suprema Verdade, o revelou embora o não possamos compreender por Deus ser Infinito e nós termos só uma centelha da sua inteligência. Fomos criados á Sua imagem e Semelhança, mas não somos iguais a Ele.

Só a religião Católica, a que foi divinamente inspirada por Deus, possui mistérios, pois tem a Deus por Autor que nos quis revelar algo da Sua Vida íntima. As religiões falsas, criadas pelo homens inspirados por Satanás, para servir os seus erros e paixões, não têm mistérios, dão-nos só aquilo que o diabo e os homens podem dar, vão até onde eles podem ir e, embora nos ensinem algum bem, misturam a Verdade com o erro.

A Santíssima Trindade, diz o 4º Concilio de Latrão, é incompreensível e inexplicável. Mas podemos por meio de comparações, chegar a alguns conhecimentos muito úteis dos mistérios, diz o 1º Concilio do Vaticano.
Desde toda a eternidade, Deus vê-se no espelho da Sua Divindade e gera uma Imagem consubstancial de Si mesmo (HEB. 1,3) e esta imagem é o Seu Filho eterno. O amor recíproco do Pai e desta Imagem consubstancial, que é o Filho, é o Espírito Santo. Esta é as explicações que deram Sto. Agostinho, Sto. Anselmo e são Tomás de Aquino. É comum dizer-se que o Pai criou o mundo, que o Filho salvou os homens, e que o Espírito Santo é o Santificador. O Pai não tem origem nem procede de Pessoa alguma, mas o Filho procede eternamente do Pai, e o Espírito Santo procede eternamente de Uno e de Outro.
…a Igreja proclama: Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo. O Credo, as bênçãos, …exprime a sua crença na Essência Una de Deus e na Sua Trindade de Pessoas.

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

ROSARIO DOS AFLITOS

NOSSA SANHORA MÃE DOS AFLITOS, NOSSO AUXILIO, NOSSO IMEDIATO CONSOLO.
«Terei compaixão dos filhos que rezarem este rosário nas horas aflitas. Darei o meu auxílio e o meu imediato consolo.»


COMO REZAR O ROSARIO DOS AFLITOS.

Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amem.

Invocações ao Espírito Santo

Vinde Espírito Santo, Amor do Pai e do filho, visitai-me e enchei o meu coração com a vossa divina graça, fazei que a minha alma seja para sempre a vossa morada e o meu corpo vosso sagrado templo, ajudai-me a ser fiel á graça de Deus e inflamai-me no fogo do vosso amor, agora e sempre. Amem.

Oração do Credo

Creio em Deus Pai, Todo-poderoso, criador do Céu e da Terra; e em Jesus Cristo, seu único filho, nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu á mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado á direita de Deus Pai Todo-Poderoso de onde há-de vir a…

Oração Nossa Senhora do Desterro

Imprimir e dobrar.

Pai-nosso pequenino

Pai-nosso pequenino,
Quando Jesus era menino
Tinha as chaves do paraíso.
Quem lhas deu,
Quem lhas daria?
Foi a Santa Madalena.
Cruz no monte,
Cruz na fonte,
Nunca o diabo nos encontre,
Nem de noite, nem de dia,
Nem ao pino do meio-dia.
Já os galos pretos cantam,
Já o Senhor subiu à cruz.
Arcas Santas bem fechadas,
Viva o Corpo de Jesus.
Ámen.