Avançar para o conteúdo principal

Paciência com as nossas imperfeições

- Que foi que paralisou os vossos esforços ? Corríeis bem: quem vos deteve?, pergunta São Paulo (Gal 5, 7).

- “ A perturbação”, respondeu São Francisco de Sales; “se não vos tivésseis inquietado ao primeiro passo em falso, mas tivésseis tomado suavemente o coração nas mãos, não teríeis tropeçado de novo”.
Por isso o Santo multiplica os seus conselhos, desejoso de comunicar aos outros “a paz tão desejada, que é a hospede mais querida, fiel e perpetua do coração”4, e por isso reconhecida insistentemente a serenidade e a paciência em primeiro lugar connosco próprios.

“Livrai-vos das pressas e dos desassossegos, pois não há nada que mais nos estorve o passo no caminho da perfeição”5,
“Por que os pássaros e outros animais permanecem presos nas redes? Porque, tendo caído nelas, se debatem desordenadamente no esforço por libertar-se, e assim só conseguem embaraçar-se cada vez mais …Não é perdendo a serenidade de espírito que conseguimos desfazer-nos dos laços de algumas imperfeições; ao contrario, mais nos embaraçaremos nelas”6.

“É preciso sofrer com paciência a lentidão com que nos vamos tornando melhores, sem deixar de fazer quanto pudermos para progredir, sempre com boa vontade”7.”Aguardemos, pois com paciência, o nosso progresso, e em vez de nos inquietarmos por termos feito tão pouco no passado, procuremos com diligência fazer mais no futuro”8.

“não nos aflijamos por sempre nos vermos principiantes no exercício das virtudes, porque, no campo da vida interior, todos devemos considerar-nos sempre principiantes; toda a nossa vida deve ser encarada como uma prova, e pensar que já a superáramos é o sinal mais evidente, não só de que continuamos a ser principiantes, mas ainda de que somos incapazes de deixa-lo de sê-lo.

A obrigação de lutar por servir a Deus e de progredir no amor Divino dura até á morte.
“-«Bem», dir-me-á alguém, «mas como posso não me afligir e entristecer-me, se vejo que é por minha culpa que não avanço no caminho da virtude?» Já o disse na Introdução á vida devota e agora volto a dizê-lo de bom grado; é preciso entristecer-se com um arrependimento que seja forte e sereno, constante e tranquilo, mas nunca agitado, nem inquieto, nem desalentado”9.

(4) La Riviére, Vida do Bem-aventurado Francisco de Sales
(5) XII, 266. Carta a Santa Joana de Chantal;
(6) Opúsculos espirituais.
(7) VI, 164. Colóquio X. Da obediência;
(8) Tratado do amor de Deus, livro IX, 7;
(9) Ibidem, livro X,7.

Texto retirado: Não nos perturbemos – JOSEPH TISSOT

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Oração Nossa Senhora do Desterro

Imprimir e dobrar.

ROSARIO DOS AFLITOS

NOSSA SANHORA MÃE DOS AFLITOS, NOSSO AUXILIO, NOSSO IMEDIATO CONSOLO.
«Terei compaixão dos filhos que rezarem este rosário nas horas aflitas. Darei o meu auxílio e o meu imediato consolo.»


COMO REZAR O ROSARIO DOS AFLITOS.

Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amem.

Invocações ao Espírito Santo

Vinde Espírito Santo, Amor do Pai e do filho, visitai-me e enchei o meu coração com a vossa divina graça, fazei que a minha alma seja para sempre a vossa morada e o meu corpo vosso sagrado templo, ajudai-me a ser fiel á graça de Deus e inflamai-me no fogo do vosso amor, agora e sempre. Amem.

Oração do Credo

Creio em Deus Pai, Todo-poderoso, criador do Céu e da Terra; e em Jesus Cristo, seu único filho, nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu á mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado á direita de Deus Pai Todo-Poderoso de onde há-de vir a…

Pai-nosso pequenino

Pai-nosso pequenino,
Quando Jesus era menino
Tinha as chaves do paraíso.
Quem lhas deu,
Quem lhas daria?
Foi a Virgem Santa Maria.
Cruz no monte,
Cruz na fonte,
Nunca o diabo nos encontre,
Nem de noite, nem de dia,
Nem ao pino do meio-dia.
Já os galos pretos cantam,
Já os Anjos se levantam,
Já o Senhor subiu à cruz.
Arcas Santas bem fechadas,
Viva o Corpo de Jesus.
Ámen.