Avançar para o conteúdo principal

A Matança dos Inocentes parte III



(Continuação)

RELATO DE MARIA (vidente alemã): ORDEM PARA ORAR, ORDEM PARA BAPTIZAR:

“Ia sentada no comboio, do lado da janela e recitava o meu terço. Subitamente vi uma luz muito intensa.

Jesus estava ao meu lado e disse-me:

Olha a alfurja dos assassinos.

Olhei para a direita e para a esquerda e disse:

Senhor, á direita só há campos. Talvez te refiras aquele edifício com uma cruz luminosa e com um letreiro a dizer «Clínica Ginecológica».

Jesus respondeu:

“Sim. È a isso que Me refiro. Há muitas clínicas como essa e constituir-se-ão muitas mais. Reza pelos médicos, por todas as pessoas que os ajudam e sobretudo pelas mães que matam os filhos ou os mandam matar antes do nascimento. Esta noite falar-te-ei mais longamente sobre tudo isto.”

Efectivamente á noite o Senhor mostrou-me um quadro atroz. Eu vi a terra coberta de minúsculos cadáveres de crianças. Era tão horrível que eu anotei no meu diário: “Vi a Matança dos Inocentes de Belém multiplicada por milhares e milhões. Chorei ao ver este horror”.

O Senhor disse então:

“O espírito impuro bateu a todas as portas.

A maior parte abriu-se-lhe. Ai daqueles que o escutaram. Numa noite eles soçobrarão com as suas casas no abismo dos seus pecados.

Diante das campas, choram-se os filhos que Deus chamou para si. E Ele é o Senhor de tudo!

Mas não se choram as crianças que foram cruelmente assassinadas.

Ao contrário, chegará um tempo em que se quererá dar alegria a Deus e aos homens, matando estes pequeninos. Bendita a casa onde vive uma alma que faz reparação.”

A vidente continuou: “Vi depois no firmamento inumeráveis cabeças de crianças. Disse então:

“Mas, Senhor, parecem cabecinhas de anjos!”

O Senhor respondeu:

“Eis os pequeninos a quem se tirou a vida. Eles serão os acusadores perante o Tribunal de Deus. Reza pelos seus assassinos para que eles façam penitencia.”

Eu continuei: “Senhor porque me mostras tudo isto? Eu sei que estes pequeninos jamais verão a Deus”.

Jesus disse-me:

“Estes pequeninos poderão ir para o Céu e ver a Deus. Transmite o que te vou dizer mesmo aos sacerdotes. Encontraras resistência, mas com o tempo, compreender-se-á e far-se-á…….para a maior felicidade destes pequeninos. Vós podeis baptizá-los!”

De seguida Jesus ensinou a baptizar estas vítimas do egoísmo e indiferença humana.

Depois afirmou:

“Sempre que baptizardes e nunca o fareis em demasia ser-vos-á concedido, de cada vez, a graça e o dom das alminhas dos pequeninos a quem abristes as portas do Céu.

É o Meu Amor Misericordioso, é o Amor abundantíssimo de Meu Pai e do Espírito que se manifesta nestes tempos de desordem e desvario, que nos solicita a ser para estas almas dos pequeninos assassinados, um Deus Salvador.”

(continua)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

ROSARIO DOS AFLITOS

NOSSA SANHORA MÃE DOS AFLITOS, NOSSO AUXILIO, NOSSO IMEDIATO CONSOLO.
«Terei compaixão dos filhos que rezarem este rosário nas horas aflitas. Darei o meu auxílio e o meu imediato consolo.»


COMO REZAR O ROSARIO DOS AFLITOS.

Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amem.

Invocações ao Espírito Santo

Vinde Espírito Santo, Amor do Pai e do filho, visitai-me e enchei o meu coração com a vossa divina graça, fazei que a minha alma seja para sempre a vossa morada e o meu corpo vosso sagrado templo, ajudai-me a ser fiel á graça de Deus e inflamai-me no fogo do vosso amor, agora e sempre. Amem.

Oração do Credo

Creio em Deus Pai, Todo-poderoso, criador do Céu e da Terra; e em Jesus Cristo, seu único filho, nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu á mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado á direita de Deus Pai Todo-Poderoso de onde há-de vir a…

Oração Nossa Senhora do Desterro

Imprimir e dobrar.

Pai-nosso pequenino

Pai-nosso pequenino,
Quando Jesus era menino
Tinha as chaves do paraíso.
Quem lhas deu,
Quem lhas daria?
Foi a Santa Madalena.
Cruz no monte,
Cruz na fonte,
Nunca o diabo nos encontre,
Nem de noite, nem de dia,
Nem ao pino do meio-dia.
Já os galos pretos cantam,
Já o Senhor subiu à cruz.
Arcas Santas bem fechadas,
Viva o Corpo de Jesus.
Ámen.