Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2011

TERÇO DA EXALTAÇÃO DA CRUZ

(Recitar no dia 14 de Setembro)
Inicio: Credo Pai-nosso 3 Ave-marias
Nas contas do Pai-nosso, diz-se: - Se na hora da minha morte, o Demónio me tentar nada vai adiantar pois no dia da exaltação da Santa Cruz mil vezes, eu chamei o Nome de Jesus.
Nas contas da Ave-maria, diz-se: - Jesus
(Para bem rezar 1000 vezes a palavra: Jesus, passo a explicar como fazem as irmãs; juntam 20 feijões e no fim de cada terço rezado ou seja 50 vezes Jesus passam um feijão para o outro lado, até ter os 20 feijões reunidos, o que totaliza 20 X 50 = 1000 )

A MATANÇA DOS INOCENTES I

“Ouviste o que foi dito aos antigos: não matarás; aquele que matar está sujeito a ser condenado”(Mateus, 5-21)

LICENÇA PARA MATAR:

O dinheiro foi posto ao serviço da propaganda do ABORTO protegido nos hospitais e feito higienicamente com o dinheiro dos impostos que todos nós pagamos.

Uma autentica lavagem ao cérebro varreu o nosso pais, os portugueses, sem cultura politica ou cívica, na maioria, e erroneamente, ignoram a questão, abstendo-se, mas deixando o campo livre aos abortistas e assim abrindo as portas á ignominia.

A vida começa na fecundação e depois segue o seu caminho se ninguém se intrometer do exterior.

“Deveis defender-vos de Satanás, desprezando as suas insinuações perversas em nome de Deus.” (Santo Padre Pio, Une pensée par jour, 1991)

UMA IRRACIONALIDADE MODERNA:

Entre muitos sinais de espanto perante a caça ao feto, apoiada pela administração do Estado e pelos meios de comunicação, está o facto de toda esta perseguição ao FETO se passar na sociedade, que …

A MATANÇA DOS INOCENTES II

(continuação)

A OUTRA FASE DA LUA:

Os filhos dotados de uma alma são um dom de Deus, um presente do Alto, e é por isso que o aborto, a supressão do presente divino, é uma abominação diante da Sua Face.

Por isso acarreta consequências graves.

Primeiro é um sacrifício humano desejado pela mulher, ou casal, pela sociedade e pelo Estado. Resolve-se deitar fora o presente de Deus e destruí-lo. Mas também essa destruição propositada é um sacrifício de oferta. Mas oferta a quem? Certamente que a Deus não!

O mundo é composto pelo visível e invisível e no invisível há fenómenos que se repercutem no nosso mundo de forma muito desagradável; daí as catástrofes…….



“Cada vez que o sangue de um bebe é derramado é um holocausto a Satanás e ele fica com mais e mais poder. A alma grita quando estão a matar o bebé e o grito faz estremecer o Céu, mas pelo contrario suscita um grito de júbilo e de triunfo no Inferno. O Maligno precisa de sacrifícios humanos porque por cada aborto provoca…

A Matança dos Inocentes parte III

(Continuação)

RELATO DE MARIA (vidente alemã): ORDEM PARA ORAR, ORDEM PARA BAPTIZAR:

“Ia sentada no comboio, do lado da janela e recitava o meu terço. Subitamente vi uma luz muito intensa.

Jesus estava ao meu lado e disse-me:

Olha a alfurja dos assassinos.

Olhei para a direita e para a esquerda e disse:

Senhor, á direita só há campos. Talvez te refiras aquele edifício com uma cruz luminosa e com um letreiro a dizer «Clínica Ginecológica».

Jesus respondeu:

“Sim. È a isso que Me refiro. Há muitas clínicas como essa e constituir-se-ão muitas mais. Reza pelos médicos, por todas as pessoas que os ajudam e sobretudo pelas mães que matam os filhos ou os mandam matar antes do nascimento. Esta noite falar-te-ei mais longamente sobre tudo isto.”

Efectivamente á noite o Senhor mostrou-me um quadro atroz. Eu vi a terra coberta de minúsculos cadáveres de crianças. Era tão horrível que eu anotei no meu diário: “Vi a Matança dos Inocentes de Belém multiplicada por milhares e milh…

A MATANÇA DOS INOCENTES IV

(Continuação)

MODO DE BAPTIZAR (Indicador por Jesus a Maria)



“Como a misericórdia Divina com a nossa infelicidade é grande! A nossa infelicidade é nós estarmos desatentos ao cuidado que Ele tem para connosco: sim, ei-la, a nossa grande infelicidade!

Deus diz: «Estou á porta e bato!». E pela palavra porta é preciso entender o decorrer da nossa vida, enquanto ela ainda não terminou na morte.”

(São Serafim de Sarov, dialogo com Molotov, 2004)

O Senhor sublinhou a Maria(vidente):

«Nota mais uma vez como Eu desejo que isto se faça»

1. ORAÇÃO INICIAL

O plano do Senhor permanece eternamente e os desígnios do Seu Coração por todas as gerações (Ps.32,11) Para libertar da morte as suas almas e os alimentar no tempo da fome (ps.32,19)

2. Credo

3.Ritual

Pegar em água benta e aspergir em todas as direcções, dizendo:
Todos vós, nascidos mortos neste dia ou nesta noite; todos vós que foste mortos no seio das vossas mães; todos vós que sereis mortos;

Para que por Jesus Cristo alc…

A “NOVA ERA” E A MISERIRCÓRDIA DIVINA

Se queremos proclamar a Misericórdia de Deus, que enviou o seu Filho pelo Poder do Espírito Santo para desmascarar o demónio, temos que falar um pouco sobre um movimento que tenta acabar com a Misericórdia do Senhor, pregando ilusão, e uma nova ordem mundial sem Deus. A “Nova Era” (New Age) é um movimento religioso sincretista, com predominância das religiões orientais. Professa o monismo panteísta, a reencarnação, a vinda próxima de um avatar ou representante da Divindade (que é chamado “Jesus Cristo” ou Maitreya). A “ Nova Era” tira o seu nome da presumida passagem do Sol para a casa Zodiacal de Aquário, após ter estado na casa dos Peixes. Visto que o Peixe significa Cristo na simbologia antiga. O ultrapassar do signo de peixes significa, para a Nova Era, o fim do Cristianismo. Em suma, nova Era é uma expressão do senso religioso do homem contemporâneo, “achatado” pelo materialismo da vida moderna. É falho, porém, porque desorientado e fantasioso, desprovido das luzes da razão. Trata-…

A Conversão pela Unidade

A conversão de São Paulo oferece-nos o modelo e indica-nos a vereda para caminhar rumo à plena unidade. Com efeito, a unida de exige uma conversão: da divisão à comunhão, da unidade ferida à recuperada plena. Esta conversão é dom de Cristo ressuscitado, como aconteceu com São Paulo. Ouvimos das próprias palavras do Apóstolo: “Por graça de Deus sou aquele que sou” (1cor 15,10). O próprio Senhor, que chamou Saulo no caminho de Damasco, dirigiu-se aos membros da sua Igreja - que é una e santa - e, chamando cada qual pelo nome, pergunta: por que me dividiste? Por que feriste a unidade do meu corpo? A conversão implica duas dimensões. Na primeira fase conhecem-se na luz de Cristo as culpas, e este conhecimento torna-se dor e arrependimento, desejo de um novo início. Na segunda, reconhece-se que este novo caminho não pode advir de nós mesmos. Consiste em deixar-se conquistar-se por Cristo. Como diz São Paulo:”…esforço-me por correr para O conquistar, porque também eu fui conquistado por Jes…

UM DOM PRECIOSO DE DEUS: O nosso tempo

Há 2010 anos o autor do tempo, o Eterno entrou em nosso tempo, se fez temporal e deu ao nosso tempo um valor de Eternidade. Na plenitude dos tempos (GI 4,4) o Verbo se fez carne e habitou entre nós (Jo 1, 14). Na vida de Nosso Senhor Jesus Cristo, cumpriu-se o que diz a Sagrada Escritura: “Há um tempo para tudo e um tempo para todo o propósito debaixo do Céu: Tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar a planta... (Ecl 3, 1-8). No oitavo dia do seu nascimento Nosso Senhor Jesus Cristo foi circuncidado e recebu o nome dado pelo anjo antes de ser concebido. (cf. Lc 2,21) O velho Simeão foi ao Templo no momento de ver cumprida a Promessa de Deus. (cf Lc 2,27) Sua vida oculta, até aos trinta anos em Nazaré, ensina-nos também a valorizar o tempo de estudo e de preparação da nossa vida. Como Novo Moisés (que atravessou o deserto em quarenta anos) passou quarenta dias de oração e jejum no deserto. Nada disso considerou tempo perdido, mas como preparação essencial par…

Maria Ao Pé Da Cruz

Jorge de Nicomedia - (séc. IX)



Beijo a tua paixão,
com a qual fui libertado das minhas más paixões.

Beijo a tua Cruz,
com a qual condenaste o meu pecado
e me libertaste da condenação à morte.

Beijo aqueles cravos,
com que removeste o castigo da maldição.

Beijo as feridas dos teus membros,
com que foram curadas as feridas da minha rebelião.

Beijo a cana com que assinaste o atestado da minha libertação
e com que feriste a cabeça arrogante do dragão.
Beijo a esponja encostada aos teus lábios incontaminados,
com que a amargura da transgressão
me foi transformada em doçura.

Tivesse podido eu degustar aquele fel,
que dulcíssimo alimento não teria sido!

Tivesse podido eu tomar o vinagre,
que bebida agradável!

Aquela coroa de espinhos
teria sido para mim um diadema régio.

Aquelas cusparadas
me teriam ornado como esplêndidas pérolas.

Aquelas zombarias
me teriam ornado como sinal de profundo obséquio.

Aquelas bofetadas
me teriam glorificado como o prestígio mais alto.

Eu te beijo, Senhor,
e a tua paixão é o meu orgulho.

Be…

Ginástica espiritual

Ginástica de relaxamento - Entrega ao Pai Celestial todas as tuas cargas, preocupações e tristezas.
Ginástica respiratória - Respira apenas a atmosfera de paz, amor e felicidade.
    Ginástica ocular - Vê somente o bem nos teus semelhantes.
  Ginástica auditiva - Escuta a voz de Deus.
    Ginástica para a mente - Exercita exclusivamente ideias construtivas.
  Ginástica para a língua - Pronuncia apenas palavras edificantes e caridosas.
   Ginástica facial - Sorri, sorri, sorri o dia inteiro.
   Ginástica para as pernas - Anda sem temer pelos caminhos que Deus te indicar.
Ginástica para as mãos - Une-as diariamente, para uma oração especial.
Ginástica para o coração - Irradia sentimentos de amor.
    Ginástica para a alma - Contacta com Deus todos os dias.


(Revista Cruzada, Junho 2007)

Cinco minutos com Deus

Já pensamos alguma vez que os nossos olhos são uma maravilha? Cabe neles todo o universo e com eles abarcamos a imensidade, pois podemos pousá-los na pequena flor que cresce a nossos pés e nas estrelas que brilham sobre nós. Nessa florinha, tal como nessas estrelas, nas nuvens vermelhas pelo sol poente, tal como nas montanhas cobertas com o turbante da neve brilhante, devemos contemplar a grandeza de Deus, que tanto fez a violeta humilde e insignificante, como a montanha majestosa.

Cada astro na noite é como uma balada de amor que chega à grande janela da criação. Cada estrela é uma assinatura divina, no pergaminho do céu. É bom que nos habituemos a ser capazes de ler as assinaturas de Deus em tudo o que nos rodeia. Foi para nós que Deus as escreveu.

(MILAGRO, Alfonso - Os cinco minutos de Deus. Cucujães: Editorial Missões, 2005)

Mãe, não quero nada.

Vim apenas te ver. Não leves a mal que eu esqueça os pedidos que me fizeram para eu te fazer. Não é egoísmo, Senhora, e a prova é que não farei também nenhum pedido para mim, nem desejo serenar-me, contemplando teu rosto sereno. Em nome de todos os homens que vivem te suplicando, em nome de todos os irmãos que já se aproximam de ti de mãos estendidas, deixa que eu esqueça um momento o vale de lágrimas, nossa miséria de mendigos, nossa pobreza de criaturas, nossa tristeza de pecadores, para saudar-te, Rainha dos Anjos Virgem-Mãe de Deus! Bendito seja o Criador de tuas mãos sem mancha por onde passa toda a luz que tomba sobre a escuridão dos homens! Bendito seja o Criador de teu olhar boníssimo que tem o dom de acender a esperança nas almas desalentadas, nos corações em desespero, à beira do abismo, do irremediável, do fim! Bendito seja o Criador de tua sombra suavíssima pois já notei, Mãe querida, que basta a tua lembrança, o teu perfume para …

Igreja de Santo Antonio (congregados) no Porto

Na igreja dos congregados no porto, com o Padre Gobbi.
Ensinou a cantar, estas lindas palavras:

"Jesus o nosso Deus, Jesus redentor:
Nós te adoramos,
na Eucaristia, Jesus de Maria,
Jesus rei de amor. (bis).


Aqui deixo uma foto desse momento inexquecivel.

ROSARIO DOS AFLITOS

NOSSA SANHORA MÃE DOS AFLITOS, NOSSO AUXILIO, NOSSO IMEDIATO CONSOLO.
«Terei compaixão dos filhos que rezarem este rosário nas horas aflitas. Darei o meu auxílio e o meu imediato consolo.»


COMO REZAR O ROSARIO DOS AFLITOS.

Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amem.

Invocações ao Espírito Santo

Vinde Espírito Santo, Amor do Pai e do filho, visitai-me e enchei o meu coração com a vossa divina graça, fazei que a minha alma seja para sempre a vossa morada e o meu corpo vosso sagrado templo, ajudai-me a ser fiel á graça de Deus e inflamai-me no fogo do vosso amor, agora e sempre. Amem.

Oração do Credo

Creio em Deus Pai, Todo-poderoso, criador do Céu e da Terra; e em Jesus Cristo, seu único filho, nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu á mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado á direita de Deus Pai Todo-Poderoso de onde há-de vir a…

TERÇO DAS ALMAS

È muito antiga a devoção do chamado Terço das Almas. É um terço que se reza em poucos minutos e pode constituir um excelente acto de piedade sobretudo no Mês das Almas.
30 mil indulgências aplicaveis ás Almas do Purgatório. Para rezar o Terço das Almas utiliza-se um terço normal.

Em cada conta grande, reza-se:
Meu Deus, creio em Vós porque sois a própria verdade; espero em Vós porque sois fiel ás vossas promessas; amo-Vos porque sois infinitamente bom e amável.

Em cada conta pequena, diz-se:
Jesus piedoso dai-lhes o eterno descanso.
Em vez da Glória, diz-se:
Meu Jesus, misericórdia! Nascontas junto da cruz, diz-se:
Jesus, não me deixeis morrer sem receber os últimos sacramentos.

(Retirado do livro: Devoção ás Almas do Purgatório de P. Januário Dos Santos)

Os Anjos na missa e ensinamento. mensagem de Nossa Senhora

Catalina ( em português Catarina) R. é uma vidente da Bolívia, que tem os estigmas da Paixão do Senhor.
Vou abreviar, colocar aqui alguns extractos revelados por Catarina recentemente.
“Um dia, a Virgem Santíssima – nesse ensinamento, no Seu itinerário em que me ia ensinando tudo - disse-me:
“Quero que saibas o que é a Santa Missa…Hoje vai ser um dia de ensinamentos: vais aprender muitas coisa, e quero que as transmitas a todos os Meus filhos…”
Chegou a Oração Penitencial, e a Virgem Santíssima disse:
“Por favor, põe-te na presença do Senhor, e pede-Lhe, de todo o coração, que te torne merecedora de estares presente nesta Santa Missa.
Chegaste á ultima da hora…,sem teres preparação prévia! Porque chegas á santa Missa á última da hora? Tendes de chegar uns momentos antes, para vos pordes na presença de Deus, para pedires ao Espírito Santo que venha até vós, que envie o Seu amor, que envie o Seu Espírito de paz, para poderdes tirar o maior proveito possível da santa missa”.
Cheg…

Amor de Deus

"...O verdadeiro amor é bem diverso, Minha filha. è como um dom que fazes continuamente só ser amado. E quando um tal ser é o teu próprio Deus, o amor torna-se naquele precioso laço que une a criatura ao Criador, numa forma sublime e imperecível; de tal forma que nem sequer a morte o pode cortar e, menos ainda, todas as contrariedades, todas as penas desta vida conseguem fazê-lo abrandar.
Vês, Minha filha, como o verdadeiro amor é difícil de praticar?
Julgas talvez amar, quando o coração, a transbordar de alegria, o vai expressando com doces palavras de afecto?
Espera um instante, experimenta o sentir-te abandonada, caluniada, contradita ou contrariada, escarnecida, insultada, e pergunta então a ti mesma se, com tais afectos, te sentes feliz em amar o Senhor, porque pensando que todas essas contrariedades te são procuradas e permitidas por Ele Mesmo, para teu bem.
Se assim for, agradece verdadeiramente ao teu Deus.
No teu coração, existe o verdadeiro amor.
És feliz ao re…

O Bom e o Mau arrependimento

“A tristeza que é segundo Deus, afirma São Paulo, produz uma penitência estável para a salvação; a tristeza do mundo produz a morte (2 Cor 7, 10). A tristeza pode, pois ser boa ou má, conforme os efeitos que produza em nós. Mas, em geral, produz mais efeitos maus que bons, porque os bons são apenas dois: a misericórdia – o pesar pelos outros – e a penitência – a dor de ter ofendido a Deus -, ao passo que os maus são seis: medo, preguiça, indignação, ciúme, inveja e impaciência. Por isso, diz o Sábio: A tristeza mata a muitos e não há utilidade nela (Ecle 30, 25), já que, para dois regatos de águas límpidas que nascem do manancial da tristeza, nascem seis de águas poluídas”(1).

Essa é a razão por que o demónio faz grandes esforços para produzir em nós essa má tristeza, e, a fim de levar-nos a desanimar, começa por perturbar-nos. Não lhe custa muito sugerir pretextos para isso. Não deveríamos afligir-nos por ter ofendido a Majestade Divina, ultrajado a Beleza infinita e fe…

A FALSA HUMILDADE

No bom e mau arrependimento.

Para combater com mais eficácia esse desassossego tão funesto, São Francisco de Sales procura descobrir qual a causa habitual, para não dizer única: O amor- próprio egoísta, esse amor com que cada um se busca a si mesmo. Já o havia dito Santa Teresa:

“ Quando há verdadeira humildade, ainda que a alma se reconheça má e por isso esteja triste, essa tristeza não faz acompanhar de perturbação nem inquietação; é um pesar que não produz obscurecimento no espírito nem aridez; ao contrário, consola-o. A alma aflige-se por ter ofendido a Deus, mas por outro lado, dilata-se na esperança de sua misericórdia. Tem luz para doer-se e, ao mesmo tempo, para louvar a Deus, que tanto a tem suportado.

“Não é assim que sucede com a falsa humildade, inspirada pelo demónio: nela , não há luz para bem algum. É como se Deus tivesse posto tudo a sangue e fogo”.(17)
Não é outra a razão pela qual a perturbação após o pecado é um mal tão comum. “Torna-se humilde graças ás…

Oração do Anjo da Guarda

musica gregoriana rorati carli

Musica gregoriana - Oração das 3 Rosas

Cruz de Amor